Translate this Page




ONLINE
2




Partilhe este Site...





KOMBUCHA

KOMBUCHA

O Kombucha evoluiu aparentemente de organismos do gênero das plantas a 2.5 bilhões de anos atrás. Diversas pessoas tem preparado essa espécie de chá fermentado para beber durante séculos, há mais de 2000 anos. Características

É suplemento alimentar probiótico e microbiológico. Ajuda a regenerar a flora intestinal.

Kombucha é uma bebida popular que promove a saúde e um remédio popular natural. Kombucha é uma colônia ou uma levedura composta de microorganismos aglomerados em uma massa de celulose parecida com uma panqueca. Tal aglomerado simbiótico recebe o nome português de zoogleia, no entanto, depois de 2002 passaram a ser denominados biofilme.

Quando a “panqueca” é colocada numa vasilha contendo uma mistura do chá e do açúcar, transforma o líquido em uma bebida refrescante levemente borbulhante, doce e azeda com uma fragrância frugal muito saborosa que fornece diversos ácidos e nutrientes, excelentes para a saúde. A cultura de Kombucha se alimenta do açúcar e, na troca, produz outras substâncias valiosas que se formam na bebida: o ácido glucurônico, ácido glucônico, ácido láctico, vitaminas, aminoácidos, substâncias antibióticas. Dentre outras substâncias, o álcool de 0.5% a 1% também é produzido, mas não caracteriza bebida alcoólica.

As propriedades da bebida são um resultado da fermentação da colônia em seu meio mais adequado: o chá adocicado. Esse crescimento se dá com alimento e oxigenação suficiente, temperatura adequada e ausência de luz direta do sol.

A bebida, assim como o vinagre resultante da fermentação possuem as mesmas propriedades em níveis diferentes, mas igualmente saudáveis e energéticos.

Abaixo está uma lista de alguns dos ingredientes principais encontrados no chá de Kombucha:

Várias enzimas, ácido acético, ácido carbônico, ácido fólico, ácido glucônico, ácido glucurônico, L(+) láctico, ácido de Usnic, aminoácidos (vários), ácidos hidróxidos (vários), vitamina B1 (tiamina), vitamina B2(riboflavina), vitamina B3 (niacina, niacinamida), vitamina B6 (pyridoxina), vitamina B12 (cobalamina, cyanocobalamina), vitamina C (do ácido láctico).